Blog do TaQ

Não mais uma questão técnica

Publicado em Microsoft

Algumas citações da Wikipedia (deixei o original em Inglês):

Organized crime
Organized crime or criminal organizations are groups or operations run by criminals, most commonly for the purpose of generating a monetary profit.
Organized crime, however defined, is characterized by a few basic qualities including durability over time, diversified interests, hierarchical structure, capital accumulation, reinvestment, access to political protection and the use of violence to protect interests.
In order for a criminal organization to prosper, some degree of support is required from the society in which it lives. Thus, it is often necessary to corrupt some of its respected members, most commonly achieved through bribery, blackmail, and the establishment of symbiotic relationships with legitimate businesses.
Globalization occurs in crime as much as it does in business. Criminal organizations easily cross boundaries between countries.
The newest growth sectors for organized crime are identity theft and online extortion.

Verificando o último termo:

Extortion
Extortion is a criminal offense, which occurs when a person either obtains money, property or services from another through coercion or intimidation or threatens one with physical or reputational harm unless they are paid money or property. Refraining from doing harm is sometimes euphemistically called protection.
Extortion is commonly practiced by organized crime groups. The actual obtainment of money or property is not required to commit the offense. Making a threat of violence or a lawsuit which refers to a requirement of a payment of money or property to halt future violence or lawsuit is sufficient to commit the offense. The four simple words "pay up or else" are sufficient to constitute the crime of extortion.

Qualquer semelhança com o que está acontecendo como descrito aqui e aqui não é mera coincidência. Entramos de novo na era dos gangsters! Agora acabou a argumentação técnica (convenhamos, já estava acabando há algum tempo) e o pessoal resolveu jogar sujo mesmo!

Sei que cada um é livre para fazer o que quiser, mas não me entra na cabeça alguém deixar seus negócios dependerem de uma empresa que quer ganhar dinheiro com extorsão e intimidação ao invés de provarem os seus méritos, nesse caso, técnicos. Se é que podem tentar ainda. Se fossem tão bons assim como dizem nem iam esquentar a cabeça para fazer esse jogo nojento. É, realmente, estou de saco cheio desses caras. Apesar de não gostar deles, eu sempre tento me manter neutro, mas deu no saco! Que se explodam. Diabos.

Até podem argumentar que eles estão no direito deles por serem uma empresa. Por causa das patentes. Vou te falar viu, esse negócio de processo real por patentes, antes de mais nada, é balela. É uma guerra fria que ninguém tem coragem de dar o primeiro tiro. Se eles moverem um processo desses disparando um míssil, vão abrir um precedente legal para tantos outros mísseis de quebra de patentes serem disparados na direção deles por gigantes do porte de IBM, Google e Oracle até alguma empresa obscura escondida em alguma cidadezinha.

E que coisinha ridícula virou esse negócio de patentes hoje em dia, não? O que era para ser estímulo para a criatividade uns bons anos atrás (se é que já foi isso!) hoje em dia é estímulo para essa mediocridade atual. Dando uma geral em algumas das coisas que foram patenteadas pela Microsoft, encontramos coisas como sistemas e métodos para editar conteúdo em uma rede online, download automático de software de uma rede, customizações de interfaces, notificações de atualizações de software e até uma patente relativa à arquivos Java! Ou seja, algumas coisas que de tão básicas, são rídiculas! Daqui a pouco patenteiam o ato de pressionar um botão para ligar alguma coisa.

E sobre o fato deles serem uma empresa, que visa lucro, tenha dó. Há empresas e empresas. Pessoas e pessoas. Há aquelas que conseguem o seu lucro de forma justa (por mais que os anti-capitalistas de plantão digam que não) e há os tipos sem-vergonha que ganham com esses tipos de atitudes. Não sei porque mas me lembro da sujeira que se encontra em nossos meios políticos, da lama que deixa toda essa turma com o mesmo fedor.

Não sei vocês, mas me deu no saco. De uma posição meio "neutra" antes, de só dar umas "zuadinhas", agora estou em uma de "eles que se explodam". É uma pouca-vergonha essa atitude e vou fazer questão de contar para todo mundo isso. E olha que dá para eu contar para um monte de gente que vai dar um crédito bom, não só pelo que já me conhecem mas pelo que os fatos estão nos mostrando agora.


Tags:


Comentários

comments powered by Disqus

Twitter