Blog do TaQ

Cospe para cima, companheiro!

Publicado em Politics

Como sempre cito quando vou escrever esses posts, eu detesto ficar falando de política aqui. Mas eu sempre deixo me provocar por alguma coisa. Acabei de ler um post de um camarada (pelamordeDeus, companheiro não!) que eu leio o blog mais pelo teor técnico do que pelo político, e vice-versa, como ele mesmo me disse por email. Cada qual tem a sua opinião, e a minha que expresso aqui espero que não me deixe com uma imagem negativa para quem discordar dela. Política e futebol são coisas fuedas de se falar, então se você gosta do atual presidente e não quer me achar um chato de galocha, por favor pare de ler aqui.

Ainda lendo? Bom, você é quem sabe! Mas não vamos estragar nossa relação de blogueiros por causa disso, certo?

Acabei de ler um post com um link para esse texto do Raul Longo, onde para não dar nada, reclamam da oposição. Ainda mais quem, difícil sair da posição de pedra e virar vidraça, não, ainda mais em um partido arrogante como esse ... e olha que eles falam isso dos outros.

Citando algumas passagens do texto:

"Previsíveis, os resultados das recentes pesquisas que demonstram a recuperação da imagem do presidente Lula refletem no próprio país o já consolidado reconhecimento mundial a uma das mais notáveis administrações democráticas deste início de século."

Democraticamente se instituicionalizaram a falta de vergonha na cara e o protecionismo dos "companheiros". Gilberto Gil deixou todo mundo estarrecido em um discurso em Genebra onde admite dá uma das desculpas mais esfarradas possíveis dizendo que a "corrupção não impede a cidadania", indo de encontro com essa "administração democrática" que rouba mas DIZ QUE FAZ. Perguntado como Lula consegue se manter no topo das pesquisas ainda com todo esse lamaçal, ele responde com a esclarecedora resposta que "é o mistério da vida", dizendo que a corrupção, ainda que condenada, é tolerada aqui. Especialmente entre os "companheiros".

Dilma Roussef em uma recente entrevista teve a petulância de insinuar que todos esses fatos negativos não podem arranhar a imagem do "partidão", pois "vocês já imaginaram o que seria do Brasil sem o PT?". Ah sim, podem cometer todo tipo de atos condenáveis que está tudo certo, "é do partidão". Daqui a pouco vão ter "companheiros" dando tiros na cabeça dos outros ou fazendo cocô na porta da sua casa e ninguém vai poder achar ruim, afinal, o que seria de nós sem eles, né?

"Seja na recuperação da desmantelada economia, na reparação da abandonada infra-estrutura básica, no surgimento de perspectivas onde só havia previsão de dependência, na conquista de representatividade internacional em substituição a mais abjeta subserviência, ou no enfrentamento responsável de crônicos problemas sociais; se derrubaram todos os vaticínios que previam a derrocada do país desde a primeira vez que Lula se anunciou candidato à presidência."

Ah sim, a mesma economia que eles fizeram questão de fazer baderna no último ano do governo anterior para que pudessem usar isso de desculpa depois. A representividade internacional da propaganda de atos demagogos no começo do governo para depois ficar ofuscado por Hugo Chaves, no enfrentamento vazio de problemas como o SUS que o presidente diz que funciona e pode ser exportado sendo que qualquer um que usou um postinho de saúde hoje em dia sabe o nível complicado que a coisa está.

"... usar a burrada de sua ex-diretoria para negar a incontestável eficiência administrativa de Luís Ignácio da Silva"

AH, PÁRA! Quantos administradores que vocês conhecem que após uma situação que se prova que seus comandados fizeram atos escusos e disseram "eu não sabia, eu não vi" continuaram no cargo? Eficiência administrativa o escambau! Se o Lula fosse síndico de prédio e acontecesse algumas coisas desse tipo no condomínio ele não durava um mês.

"Julgar, condenar e afastar os companheiros faltosos, o PT já fez. Mas não é o suficiente. Não para os sinceros petistas, os confiantes lulistas."

Julgar é alguém falar "o companheiro errou", condenar e afastar é "olha, sai fora um pouco, fica um tempo de férias e depois você volta, você foi um menino mau". Acabou? É só isso? Tanta gente envolvida em tanta maracutaia e fica por isso mesmo.

"O eleitor perceberá que enquanto nos demais partidos todos erram sem dar em nada, no PT quem errar um milímetro caí nas garras dos falsos moralistas, loucos para arrumar um pé que justifique uma CPI, uma acusação, um palanque qualquer. Lógico! Quem não tem serviço para mostrar, só mesmo aumentando o erro dos outros. No Brasil, tática bastante comum entre operários da construção civil e políticos de oposição."

Primeiro, o PT sempre foi o partido que pregava a utopia generalizada. Pelo tempo que estão pregando as suas idéias de faz-de-conta, não cometer os erros TOSCOS que cometeu era o mínimo que poderia se esperar dos "santos-salvadores". Eu desde moleque, mesmo na fase mais revoltada da adolescência, nunca acreditei em uma palavra de bravata, de salvação generalizada e de honestidade por parte dos "companheiros nervosinhos", coisa que sempre foram a vida inteira.

O PT não podia errar pois eu acredito que a coisa mais grave que eles causaram com isso foi o assassinato da FÉ que as pessoas que o seguiam cegamente tinham, e matar a fé de uma pessoa é um ato horrível! Também causaram com isso a perversão e inversão de valores das que não perderam a fé mas alteraram os seus valores para contemplar erros "desculpáveis" em nome da utopia, agora rachada, que viveram a vida inteira e agora se recusam a aceitar a mancha de sujeira que desce pela bandeira vermelha, o reconhecimento dos erros com suas reais consequências, sem a "anestia automática" disparada pelo choque.

Os outros que não se enquadram nessas duas situações se situam na área "fora da Matrix", ou seja, onde um partido político funciona sem as "nuvens de algodão doce" pregadas em tempos de ideologia "psicodélica", e esses estão interessados é mais em manter o seu atual padrão de poder de um jeito ou de outro.

Ainda bem que o autor do artigo mencionou os políticos de oposição, nós sabemos que foi oposição por mais tempo por aqui, certo?

"Para filiados, ou não, que sempre foram petistas e lulistas por acreditar neste país, importante não será apenas um bom governo na presidência, mas também uma boa oposição, uma verdadeira oposição para vigiar, alertar, apontar, indicar sugestões e alternativas. E criticar, inclusive. Mas crítica verdadeira, baseada em critérios consistentes, assumidos."

Ah sim, oposição com a qualidade que um certo senhor barbudo e nervoso fazia aos berros alguns anos atrás. Qualidade total.

"Enquanto a opinião pública brasileira for deformada por esses prepotentes e inescrupulosos pretensos profissionais de jornalismo, não será suficiente um Lula na presidência."

Os mesmos jornalistas que quase sofreram uma censura militarista do Sr. Gushiken e que quase foram expulsos do país pelo presidente?

"Ridículo um ex-presidente que tem as privatizações realizadas em sua gestão questionadas na justiça, anunciar que "Chega de ladrão!". Quê de democracia se espera daí?

Talvez a mesma de um presidente que faz pose de sério ao comentar as investigações dos seus "companheiros" e só passa a mão na cabeça deles dizendo que foram malvados, e que talvez pense que pode fazer isso pois acha que tem mais ética que todos os habitantes do país?

"Oxalá a oposição à esquerda se recicle e perceba que não é mais tempo de populismos ao estilo dos caudilhos das décadas de 30 e 40 do século passado."

Quem entende bem de populismo é o atual presidente ...

"Que alguns assumam um mínimo de decência em relação aos ideais que já professaram, e outros consigam resolver suas descompensações emocionais e existenciais, ou arrumem atividades onde melhor manifestar autocomiserações pelos melhores anos de suas vidas. Sempre alguma falta fazem os cantores e atores, além do que, trocando o plenário por espaços mais condizentes ao talento que despontam ao vituperar verborréias a beira da sandice, menos se exporiam ao ridículo e mais dignamente contribuiriam com a própria auto-estima."

Rapaz, esse foi direto para o atual presidente e seu partido.

"Precisamos urgente de erradicar, não por 30 anos, mas definitivamente, essa atual oposição. Para que cresça e se desenvolva uma oposição capaz, firme, de posições democraticamente definidas."

Isso deveria ter sido feito com a oposição de brados vazios alguns anos atrás. Hoje em dia não teríamos esse governo ridículo e talvez algo mais consistente e COERENTE com o que foi pregado e dito.

"Para que se viabilize uma radicalização democrática, não tem outro jeito: só mesmo acabando com essa oposiçãozinha de merda."

Ok, deixem o atual governo virar oposição novamente e mostrem uma compostura diferente dessa merda que vocês dizem que está aí hoje e diferente da merda que foi a oposição do governo atual no passado. Não adianta criticar agora após bradar tão nervosamente no passado, coisa que criava tanto ruído que mais chamava atenção para os demagogos de plantão do que para a situação discutida. Cuspam para cima novamente, companheiros.

Para terminar, se Lula não viu, não sabia, não tinha idéia de TUDO o que aconteceu durante esses anos, me digam uma coisa: ele também não sabia que o filho mais novo era registrado no diretório do PT e ganhava por "prestar serviço à distância", sendo que foi respondido que ele nunca havia trabalho no diretório e que havia sido desligado em 2002 (mas continuando a ganhar depois disso) e que ele escrevia no seu blog pessoal que "continua vagabundeando e tentando terminar a faculdade, fingido que trabalha um pouco"? Será que ele não sabia disso também? Se sabia, não é uma contradição com a pose de honesto? Se não sabia disso do próprio filho, que que ele está fazendo lá? Tirem esse cara de lá. Chega dessa pose arrogante e nojenta e essas atitudes rídiculas.


Tags:


Comentários

Sem nenhum comentário.

comments powered by Disqus

Twitter