Blog do TaQ

Massachusetts escolhe formato aberto

Publicado em FLOSS

Viva! O estado de Massachusetts escolheu dar uma banana para a Microsoft e escolheu o formato OpenDocument para armazenar seus documentos.

Teve gente que se doeu, argumentando que o formato ainda não tem nenhuma aplicação que o suporte, sendo que a versão nova do OpenOffice, que já está para sair, tem suporte para esse formato. Parece que o moço não acredita muito no potencial de uma aplicação FLOSS quem vem mostrando melhorias contínuas a cada versão, e pior, não acredita no potencial do desenvolvimento de software livre/open source. Nesses tempos que esse tipo de coisa se mostra muito bem feita, chega a ser idiotice argumentar uma coisa dessas. FUD. ;-)

O engraçado é que a Microsoft disse que não tem planos para suportar o OpenDocument, mas se existir demanda eles vão fazer um software de conversão, isso é, transformar o formato aberto em proprietário - dã - eles poderiam permitir pelo menos a leitura sem fazer uma aberração dessas.

Enquanto isso, muita gente (inclusive eu) gostou dessa atitude.

É como o Steven J. Vaughan-Nichols menciona nesse artigo: os padrões da Microsoft não são padrões de verdade! Eles são canibalizados em favor de um movimento de "empurrar" novas aplicações durante o tempo. Um exemplo prático que ele dá: ele foi um representante da NASA no comitê da NARA (National Archives and Records Administration), onde tomaram decisões sobre o armazenamento de dados a longo prazo.

Na época, decidiram pelos formatos ASCII e EBCDIC. O EBCDIC era um formato popular naqueles dias, mas hoje quem consegue ler alguma coisa formatada nele? O ASCII, sem problemas. O EBCDIC seria uma analogia aos documentos gravados no Word 2. Boa sorte em *tentar* abrir alguma coisa desse tipo.

Ah, sim, podemos fazer um conversor. E deixar rodando em milhões de documentos. Por muito tempo. Contando com o fato que o documento novo pode não refletir exatamente o formato do documento original, que é pelo próprio nome um documento e não devia ser alterado. Seria uma decisão que você tomaria hoje, gravar todos os documentos importantes de sua empresa em um formato fechado que poderia caducar a médio prazo, ter restrições quanto ao fato de você o ler fora da aplicação que o criou e pior, ter que atualizar ou comprar novamente suas aplicações e ficar migrando de versão em versão?

Atualizado em 30/09/2005, 09:27: Um post interessante sobre esse assunto. Obrigado, Rael! :-)

Atualizado em 30/09/2005, 14:52: Tim Bray comenta sobre isso na conferência do OpenOffice.


Tags:


Comentários

Sem nenhum comentário.

comments powered by Disqus

Twitter